GAPI3
-
Inovação no Minho premiada na 7.ª edição do Concurso de Ideias de Negócio SpinUM
 
 
O Empreendedorismo inovador gerado na Universidade do Minho foi premiado pela 7.ª vez no "SpinUM - Concurso de Ideias de Negócio", iniciativa promovida pela TecMinho e Spinpark. Confira aqui os premiados.

O Empreendedorismo inovador gerado na Universidade do Minho foi premiado pela 7.ª vez no "SpinUM - Concurso de Ideias de Negócio", iniciativa promovida pela TecMinho e Spinpark. A sessão final deste concurso decorrida hoje no Avepark, atribuiu os galardões às ideias de negócio escolhidas pelo júri como as mais inovadoras e com mais potencial de negócio. As ideias finalistas desta sétima edição do SpinUM são provenientes das áreas da Saúde, TIC, Comunicação, Biotecnologia, Mecânica.

A ideia vencedora do "1º Prémio SpinUM” foi "Analisador da Distorção Luminosa" dos promotores José González-Méijome, Rute Araújo, Helena Neves e Laura Rico del Viejo. O Analisador da Distorção Luminosa consiste num um dispositivo e métodos associados para analisar e quantificar o grau de incapacidade que afeta o paciente de cirurgia para a correção da visão e mesmo prever quais poderão ser as complicações derivadas de um determinado procedimento clínico.

O "2º Prémio SpinUM" foi a atribuído à ideia de negócio "WE FIX YOU" da promotora Filipa Soares, que consiste numa one-stop shop para todos os clientes que necessitem dos mais variados serviços de produção e realização audiovisual na Península Ibérica ou de comprar produtos multimédia em diversas línguas sobre Portugal e Espanha, respondendo a necessidades nas fases de pré-produção, produção, realização e pós-produção audiovisual.

O prémio “Jovens Empreendedores” foi concedido à ideia de negócio "Nutrium" dos promotores André Santos, Pedro Leite, Francisco Neves, Diogo Alves e Pedro Maia. A ideia  consiste num serviço direcionado para a área da nutrição que pretende simplificar o trabalho dos profissionais de saúde, através de uma plataforma que permita simplificar as tarefas do profissional no registo de dados e criação de plano alimentares, interagindo com o utente.

Para esta edição do SpinUM foram selecionadas sete ideias finalistas, as quais foram apresentadas nesta sessão final ao júri do concurso, composto por representantes da Universidade do Minho (Vice-Reitor Professor José Mendes), Espírito Santo Ventures (Dr. João Dias), ANJE (Dr. Rafael Alves Rocha) e Invicta Angels (Dra. Elisa Nunes).  Os finalistas realizaram uma apresentação da ideia em 10 minutos, no modelo Elevator Pitch, seguindo-se perguntas e comentários do júri.

O SpinUM distribuiu prémios monetários e ofereceu serviços de apoio à criação de empresas num valor total superior a 20 mil euros.

Para além das ideias vencedoras, os projetos apurados para a final foram 2PHASES4LIFE (dos promotores Rúben Oliveira, João Carlos Marcos, Vânia Pinto, Simão Soares, Graça Minas), Luuply (dos promotores Pedro Branco, Cristina Sylla, Sérgio Gonçalves, Ana Carina Figueiredo), Negócios na Hora (dos promotores Luís Rufo, Paulo Truta, Luís Pereira), e SimplyWheel (do promotor Paulo Carneiro).

Organizado pela TecMinho, em conjunto com o Spinpark, e dirigido à comunidade de investigadores, alunos e antigos alunos da Universidade do Minho, o Concurso “SpinUM” pretende premiar e apoiar as ideias de negócio mais inovadoras e com maior potencial em qualquer domínio científico ou tecnológico, geradas naquela que é hoje, seguramente, uma das universidades mais empreendedoras de Portugal – a Universidade do Minho.

O “SpinUM – Concurso de Ideias de Negócio” é co-financiado pelo Programa Operacional Fatores de Competitividade (QREN) e pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

Fotos dos vencedores em www.facebook.com/tecminho