GAPI3
-
TecMinho integra consórcio europeu para capitalização do potencial europeu em nanomedicina
 
 
Arranca, este mês, o projeto europeu ENATRANS Enabling Nanomedicine Translation, uma operação que tem como principal objetivo a capitalização do potencial de translação que existe na Europa na área da nanomedicina. O projeto europeu ENATRANS é uma Coordination and Support Action, aprovado no contexto do Horizonte 2020, e terá uma duração de 3 anos

O projeto é coordenado pela entidade alemã VDI/VDE, contando ainda com a participação de parceiros de França (Nanobiotix e CEA), da Alemanha (além da VDI/VDE, a Gesellschaft für Bioanalytik Münster e.V.), de Itália (Fondazione Don Carlo Gnocchi ONLUS) e de Israel (Universidade de Tel Aviv).

O principal objetivo do projeto é coordenar e apoiar as PME e outras entidades de investigação europeias envolvidas na translação de resultados de nanomedicina. O projeto constituirá um ponto único de acesso para a interação e partilha de informação, conhecimento avançado, experiências e aconselhamento dos beneficiários-alvo através de um conjunto de serviços e ferramentas interativas.

A TecMinho será responsável pela coordenação das atividades relacionadas com o instrumento central de apoio a empresas e entidades de investigação envolvidas no desenvolvimento e valorização de resultados em nanomedicina: o TAB – Translation Advisory Board. Esta estrutura central de aconselhamento será gerida pela TecMinho e reunirá um conjunto de peritos europeus em atividades de translação em nanomedicina, de modo a guiar com sucesso os esforços de translação de empresas e centros de investigação, desde o laboratório até ao mercado.